Viação Sul Fluminense e seu problema com a prefeitura

Viação Sul Fluminense e seu imbróglio com a Prefeitura de Volta Redonda. Há algum tempo, o prefeito Samuca Silva (PSDB) tem ameaçado suspender a concessão das linhas que a empresa opera na cidade. E suspendeu, mas a empresa conseguiu uma liminar na justiça. Essa liminar faz com que a Sul Fluminense continue operando. Ficou sem entender? Vamos explicar!

Segundo a prefeitura, a causa era a má qualidade do transporte. Invariavelmente, os órgãos públicos faziam vistorias nos ônibus da viação Sul Fluminense. Mas, a crise chegou no mês de maio. A crise chegou não, foi exposta neste mês, no dia 13, quando o prefeito resolveu cassar a concessão das linhas de ônibus da viação Sul Fluminense.

De acordo com a administração pública, a empresa não estava conseguindo cumprir o contrato de operação de serviço. Tal conclusão vem com base no ranking de reclamações de passageiros na Secretaria de Transporte e Mobilidade Urbana. A Sul Fluminense está na primeira posição.

 

Linhas perdidas

  • 120 – EUCALIPTAL
  • 315 – CANDELÁRIA X CONFORTO
  • 320 – DOM BOSCO X CONFORTO
  • 325 – SANTA CRUZ X CONFORTO
  • 455 – FAZENDINHA
  • 500 – AÇUDE X CONFORTO
  • 510 – PADRE JOSIMO CIRCULAR
  • 520 – BELMONTE
  • 540 – AÇUDE X SANTO AGOSTINHO
  • 550 – SIDERLÂNDIA

Clique aqui e saiba mais

A partir daí, a confusão começou. Medo de funcionários da empresa não conseguirem recolocação no mercado.  Algo semelhante com o que ocorreu com a viação Agulhas Negras no começo dos anos 2000.

Protestos foram registrados na porta da empresa. Sindicato entrou em ação. A Câmara dos Vereadores entrou em ação.

A discussão foi para o Legislativo e o prefeito recuou. O SindPass (Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros) deveria apresentar um plano de ação para que as outras empresas envolvidas (Elite, Pinheiral, Cidade do Aço) pegassem o itinerário das linhas suspensas até que a nova licitação saísse.

A reviravolta da viação Sul Fluminense

Os vereadores assinaram um requerimento, para que a prefeitura desse 90 dias para a empresa corrigir suas falhas. Até que no último dia 15, a Sul Fluminense conseguiu uma liminar na justiça e manteve a operação das linhas.

Vale lembrar que a viação Sul Fluminense é responsável por 31 linhas na cidade e atende áreas entre as mais populosas de Volta Redonda como os bairros Retiro, Açude e toda região.

E sim, o problema não acabou e a qualquer momento, novidades poderão surgir.

Mais sobre o blog, clique aqui

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *